Arquivo da tag: paranoá senepol

Senepol é uma ótima opção para os pecuaristas em MS

zeli-senepol-56997_g
Guilherme Zeli e exemplares Senepol: rusticidade, adaptação e resultados

A Fazenda Paranoá Senepol fica ás margens do rio Sucuriú, há poucos quilômetros do centro de Três Lagoas. Neste belo cenário, o pecuarista Guilherme Zeli cria cerca de 500 animais da raça Senepol, um cruzamento de bovinos africanos e britânicos que resultou em um gado de temperamento dócil e carcaça avantajada, predominantemente mocho e de coloração avermelhada.

Satisfeito, ele conta que a ideia do criatório surgiu em 2005, como opção de cruzamento industrial. “São animais que nos chamaram a atenção desde o início. Procurávamos raças com boa adaptabilidade ao clima, que é quente e em alguns meses, bastante seco”, explica.

Adaptação é mesmo um diferencial da raça. O Senepol possui uma grande capacidade de encontrar alimentos onde animais de outras raças teriam dificuldades. Na fazenda, com área total que passa dos 2.200 hectares, 35% são de pastagens.

Em 2009, o criador decidiu investir em genética. De lá para cá, não abandonou mais a raça. Para isso foi preciso investir bastante em tecnologia. Num processo que ele chama de “monitoramento alimentar”, Zeli contratou uma empresa especializada que inseriu chips nas orelhas de todos os animais. Quando estes entram para se alimentarem ou tomar água, um sensor registra esta informação e a transmite para uma central, instalada na própria fazenda. Nos bebedouros há ainda balanças, que monitoram constantemente o ganho de peso deles. Os dados são retransmitidos em tempo real para o celular de Guilherme e para os de representantes da empresa, que também fazem este monitoramento.

O criador reforça que tomou este cuidado apenas com os animais puros, usados para a reprodução de alto nível. Em outra propriedade, animais da raça são destinados para o corte e tratados naturalmente, à pasto. “Fazemos o manejo deles junto com animais Nelore, sem dificuldade alguma. A adaptação é surpreendente”, comemora.

Em um mercado cada vez mais exigente, além da vantagem em relação ao peso na desmama e a facilidade no manejo, os animais Senepol se diferenciam pela pelagem curta, a resistência ao calor e a parasitas. Por isso mesmo, o criador não pensa em investir em outra raça tão cedo. Pelo contrário, ele é um apaixonado pelo criatório e quer expandí-lo.

História da raça

O Senepol é uma raça bovina resultado do cruzamento de três outras raças. Sua história tem origem no século XVIII, quando surgiu o Red Poll, mistura de um bovino mocho (sem chifres) do condado inglês de Suffolk e outro bovino vermelho e com chifres, do condado de Norfolk, também da Inglaterra. O Red Poll é responsável pela ausência de chifres e pêlo avermelhado no Senepol. O outro lado da raça vem do bovino senegalês N’Dama, chifrudo e sem cupim, criado no continente africano principalmente por ser resistente à doença do sono.

A precocidade para reprodução e a docilidade do Red Poll se uniu à resistência do N’Dama pela primeira vez em 1918 no arquipélago caribenho de Ilhas Virgens. Em 1940, a raça já era considerada de sangue puro e em 1954 registrou o nome Senepol, junção de Senegal (país de origem do N’Dama) com o Red Poll.

Senepol no Brasil

Em 2000, vieram os primeiros animais para o Brasil, importados dos melhores rebanhos dos EUA e das Ilhas Virgens (Saint Croix). A importação inicial envolveu dois líderes genéticos da raça e as melhores fêmeas Senepol com provas fantásticas. Graças a esta genética, os selecionadores brasileiros multiplicaram a qualidade do Senepol, fazendo do Brasil um celeiro da genética mundial, uma referência provada no Congresso Internacional ocorrido em 2014, em Uberlândia/MG, onde está a sede da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB-Senepol).

Fonte: http://www.expressaoms.com.br/noticia/senepol-e-uma-otima-opcao-para-os-pecuaristas-em-ms-56997

Hospital Auxiliadora recebe doações do 3º Leilão Genética Paranoá Senepol

Pelo segundo ano consecutivo, o Leilão Senepol destinou uma doação para o Auxiliadora, com um valor estimado em R$ 46.800,00, foram leiloadas duas novilhas em prol ao Hospital. O evento aconteceu no último dia 2 de junho.

Leilao2017Foto3
Leilão Genética Paranoá e Convidados 2017

Guilherme Zeli, um dos organizadores do evento, explica a importância desse leilão para a melhoria do Hospital. “É o segundo ano que colaboramos com o Hospital Auxiliadora, com a arrecadação direcionada para a Ala de Oncologia,  é um grande privilégio poder contribuir com uma causa tão nobre, porém “esquecida” que é o bem-estar e a saúde pública de nosso país”, disse.

Além das novilhas, foram doados também, por Márcio Alves de Brito, uma tralha trançada em couro completa para cavalo com cabeçada, buçal, peiteira e rédeas, que foram arrematadas no valor de R$ 4.000,00.

O Médico Veterinário Rodrigo Leal, também colaborou com o Hospital, doando uma tralha completa em nylon.

Acreditamos que é um dever de todos colaborar e ajudar o próximo e buscamos sempre possibilidades para fazê-lo”, afirmou.

Guilherme também fala sobre o próximo leilão, que poderá ser realizado em 2018.  “Já estamos pensando no próximo ano. Gostaríamos de alcançar os mesmos valores ou até mesmo aumentar, se possível”, finaliza.

0N0A2047
Leilão Genética Paranoá e Convidados 2017

O último lote chamado de “lote Genética para a Vida”! Pela segunda vez, a Paranoá mostrou seu lado solidário e abraçou uma causa nobre em prol dos pacientes com câncer. Toda a renda arrecadada terá como destino o setor de oncologia Hospital Nossa Senhora Auxiliadora

0N0A1817
Leilão Genética Paranoá e Convidados 2017

O Hospital Auxiliadora agradece imensamente a todos envolvidos pela contribuição  que certamente irá contribuir no tratamento dos pacientes

Fonte: http://jornaldiadia.com.br/2016/?p=300594

Criadores aplaudem de pé o 3º Leilão Genética Paranoá Senepol e Convidados

Por Paula Sant’ Ana

Não é sempre que um evento termina com os convidados aplaudindo de pé. No mundo dos leilões, é muito comum dizermos que o mercado é soberano e “sabe diferenciar o joio do trigo”. De fato, sabe mesmo!

Na última sexta-feira, dia 2 de junho, evidenciamos que essa expressão é a mais pura realidade. Demonstrando aprovação e satisfação com os 36 lotes à venda, foi dessa forma que os criadores encerraram a etapa de comercialização do Leilão Genética Paranoá Senepol e Convidados.

O Recinto Leiloado, em Três Lagoas(MS), foi devidamente decorado para receber cerca de 300 pessoas vindas de várias regiões do Brasil. Todas em busca de genética provada e certificada pelo principal programa de avaliação de fêmeas jovens da raça no mundo, o “Safiras do Senepol”.

LeilaoGeneticaParanoa-1
Não importa qual seja a ocasião, as flores sempre deixam a decoração mais bonita.
LeilaoGeneticaParanoa-2
Hall de entrada do Recinto Leiloado: ambiente aconchegante e de muito bom gosto
LeilaoGeneticaParanoa-3
Ao vivo: Guilherme Zeli foi entrevistado pela repórter Paula Sant’Ana no Jornal da Pecuária e na abertura do leilão

O remate abriu com um pacote especial de 18 embriões da Paranoá 497, doadora Safira TOP 10 acasalada com o reprodutor PRR 7013S. O comprador do lote disponibilizado pelo Senepol 3JR foi o Senepol EVA.

LeilaoGeneticaParanoa4
Paranoá 497 – Safira TOP 10: consistência genética primordial para o contínuo progresso do Senepol.

Mais dois lotes de embriões de qualidade máxima foram ofertados até que entrou em pista a primeira fêmea do leilão: Paranoá 481, adquirida pelo casal Mariel e Daniel Arrue, do Senepol MD, localizado em Ribeirão Preto (SP). Os dois novos investidores da raça Senepol desembolsaram R$66,6 mil nesse lote e no decorrer do remate fizeram outras aquisições importantes. Base genética sólida e confiável é sempre o melhor caminho para iniciar um projeto pecuário. Parabéns Senepol MD. Sejam muito bem vindos à raça bovina mais promissora do Brasil!

LeilaoGeneticaParanoa-5
Paranoá 481 foi vendida para dois novos criadores de Senepol

Entre doadoraschanceladas pelo Programa Safiras do Senepol e jovens novilhas e bezerras com garantia de qualificação, o lote 3 foi o mais valorizado da noite. Paranoá 436, 3ª Campeã do Programa Safiras Senepol 2016.1, foi arrematada pela Grama Senepol e 3JR Senepol. Os dois consagrados criatórios tornaram-se sócios da Paranoá na doadora negociada por R$230 mil.

LeilaoGeneticaParanoa-6
Safira 3ª Campeã!! Paranoá 436 foi o lote recordista de preço do leilão.

Além de abrirem mão das principais doadoras do presente e do futuro, os anfitriões Eldino e Guilherme Zeli, não se pautaram apenas no que estava previsto no catálogo e na ordem de entrada. Eles apartaram um lote surpresa que deixou os criadores admirados! A Paranoá selecionou 10 novilhas consideradas as melhores num grupo de 52 fêmeas jovens do plantel. Todas foram apresentadas ao vivo na sexta-feira, mas no sábado, dia 3 de junho, já partiram para Pirajuí (SP), onde ingressaram no Programa Safiras do Senepol. Quando a prova for concluída, o comprador poderá escolher uma dentre as dez Safiras. Para enriquecer ainda mais o lote surpresa, a Paranoá também autorizou a aspiração de todas as 10 promissoras novilhas. CMA Senepol e Bela Vista Senepol disputaram até o fim e juntas arremataram o cobiçado lote extra catálogo por R$82,8 mil.

LeilaoGeneticaParanoa-7
Lote surpresa foi uma supresa e tanto! Entre as 10 novilhas selecionadas, 3 são netas da matriarca Sally da Santa Helena.

Fechando as vendas em grande estilo, duas lindas novilhas entraram em pista para que o comprador pudesse decidir qual das duas iria arrematar. Esse não era apenas o último lote do leilão era o “lote Genética para a Vida”! Mais uma vez, a Paranoá mostrou seu lado solidário e  abraçou uma causa nobre em prol dos pacientes com câncer. Toda a renda arrecadada terá como destino o setor de oncologia Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas, que realiza anualmente cerca de 10 mil atendimentos. O Senepol EVA, criatório situado em Artur Nogueira (SP), mostrou que sabe fazer as escolhas certas!! Abriu e fechou as compras do Leilão Genética Paranoá Senepol e Convidados!

LeilaoGeneticaParanoa-8
Lote Genética para Vida: Senepol EVA foi o investidor do lote solidário em prol do setor de Oncologia do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

No total, o 3º Leilão Genética Paranoá Senepol e Convidados registrou uma média geral de R$48 mil e faturamento de R$1,8 milhão. Mais do que cifras relevantes, a grandeza desse evento pode ser mensurada pelo prestígio e reconhecimento dos criadores.
Bom…Os negócios chegaram ao fim, mas a festa estava apenas começando! O cantor Daniel fez um show intimista e romântico para os convidados presentes no Recinto Leiloado. Esbanjando carisma, ele emocionou adultos, jovens e crianças.

Parabéns família Zeli e equipe Paranoá Senepol!!!

LeilaoGeneticaParanoa-9
Show com o cantor Daniel
LeilaoGeneticaParanoa-10
Show com o cantor Daniel
LeilaoGeneticaParanoa-11
Parabéns família Zeli!

Fonte:  http://blogs.canalrural.com.br/leiloblog/2017/06/06/criadores-aplaudem-de-pe-o-3o-leilao-genetica-paranoa-senepol-e-convidados/

Paranoá Senepol volta a compartilhar sua genética

A Paranoá Senepol coloca seus oito anos de seleção em um evento que leva o melhor de suas doadoras. O Leilão Genética Paranoá e Convidados acontece no dia 2 de junho, 21 horas, no recinto Leiloado, em Três Lagoas/MS, com transmissão do Canal Rural.

A Fazenda dirigida por Eldino e Guilherme Zeli volta a realizar a venda de uma genética que é melhorada a cada geração. Estão no catálogo muitas Safiras Top 10 e duas campeãs da maior prova de avaliação de fêmeas da raça no mundo. Contando os convidados, serão 35 lotes, todos levando genética superior também em bezerras com garantia de qualificação no próprio Safiras ou em pacotes de embriões de famílias consagradas.

Um dos lotes terá duas novilhas, com opção de escolha do comprador, e o valor da venda será 100% revertida para o setor de Oncologia do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Três Lagoas, que atende nove municípios da região. O remate tem organização da Programa Leilões e assessoria da S+.

ConviteParanoa

Paranoá 497 fornece 20 embriões na 1a coleta após se qualificar Safira Top 10

Dia de coleta de doadoras na Paranoá Senepol sempre tem comemoração. O trabalho da última semana de abril seguiu a rotina e registrou média de 11 embriões válidos por cada uma das seis doadoras. O destaque foi Paranoá 497, que forneceu 20 embriões de TE a fresco.

Filha de CP Shoshone com Paranoá 164 (AMI 635 Flor de Mayo), ela se sagrou a quarta melhor novilha do Grupo 2 na edição 2016.2 do programa Safiras do Senepol. Entrou no negócio proporcionado no lote em que a mãe teve 50% vendida no Leilão Genética Paranoá, em junho de 2016, para o Senepol 3JR, do Espírito Santo.

Paranoá 497 é uma prova real do que o plantel de Guilherme e Eldino Zeli pode garantir quando coloca à venda uma fêmea jovem com potencial para doadora. Novas oportunidades como essa virão no Leilão Genética Paranoá Senepol & Convidados do dia 2 de junho, 21h00, em Três Lagoas/MS, com transmissão pelo Canal Rural. É só se programar para também poder ganhar.

PRN497-reduzida
PRN 497

Paranoá Senepol registra 100% de aproveitamento no Safiras 2016.2

A Paranoá Senepol conquistou mais uma vez um expressivo resultado dentro do programa Safiras do Senepol, com 100% de aproveitamento de suas fêmeas jovens enviadas para a maior prova de avaliação de fêmeas da raça no mundo. Foram 12 inscritas e 12 qualificadas Safiras do Senepol, entre elas duas Top 10. Fora uma das campeãs da prova, que a marca de Guilherme e Eldino Zeli adquiriu em sociedade antes da prova começar.

A novilha Fogo 33 foi terceira campeã do Grupo 1, que teve 149 novilhas inscritas com média de 17 meses de idade. Filha de CN 1029S em Paranoá 124 (SCR 6001S), Fogo 33 foi adquirida pela família Zeli em sociedade com Santa Helena Senepol e ZB Senepol no Leilão Genética Paranoá & Convidados, realizado em 2 de junho de 2016, em Três Lagoas/MS. A Interfogos fica em Paranaíba/MS, para onde o selecionador Claudemir dos Anjos já levou muito da genética Paranoá, como por exemplo da mãe de sua primeira novilha que vai ao pódio do Safiras.

05_1 Terceira campeã FOGO 33
Entrega do prêmio pela doadora Fogo 33, terceira campeã do Grupo 1 no Safiras do Senepol: (da esquerda) Guilherme Zeli, Claudemir dos Anjos (Interfogos), Eldino Zeli, o sócio Deizinho Bellodi (ZB) e José Antônio Fernandes Netto (Grama). (Foto: Assessoria de Comunicação Paranoá Senepol)

A Paranoá ainda fez no mesmo grupo a Safira Top 10 Paranoá 481, filha de CN 5K com a doadora Paranoá 164 (AMI 635 Flor de Mayo). Em parceria com o Senepol 3JR, a mesma Paranoá 164 emplacou a quarta melhor novilha do Grupo 2 da prova, a também Safira Top 10 Paranoá 497, filha de CP Shoshone. Além delas, a Paranoá qualificou outras dez fêmeas como Safira Superior.

A diversidade genética que a Paranoá vem buscando com as principais linhagens tem nos mostrado o caminho do melhoramento que estamos seguindo, inclusive com muitas doadoras da Paranoá revelando novas Safiras e isso é muito gratificante”, declara Guilherme Zeli.

Entre as qualificadas como Safira Superior, três têm diferentes mães da Paranoá. As duas Top 10 são de uma das mais produtivas fêmeas que a marca já produziu e a terceira campeã do Grupo 2 também é fruto da Paranoá. “Isso indica que nossa genética está cumprindo o objetivo que traçamos, de ser excelência em produção”, orgulha-se Zeli.

Na edição 2016.1, encerrada em outubro de 2016, a Paranoá havia feito duas campeãs e três Top 10. Agora, mais resultados importantes. Na próxima edição do teste, 2017.1, marcada para iniciar em Junho, novos produtos Paranoá voltarão ao Safiras do Senepol para buscar qualificação que a empresa espera identificar para continuar sendo referência em seleção.

Paranoá Senepol fatura R$ 1,4 mi com ampla liquidez no Produção Máxima

A Paranoá Senepol deu mais uma grande contribuição para a pecuária de corte do Brasil. Na tarde do último dia 5 de março, negociou 400 produtos no Leilão Virtual Produção Máxima Paranoá Senepol, que teve transmissão pelo Canal Rural e faturou R$ 1,4 milhão. A liquidez foi tanta, que o remate terminou 40 minutos antes do horário marcado para o fim da transmissão. Foi o segundo ano do leilão de produção da Paranoá, que tem sua sede em Três Lagoas/MS.

Release_ProducaoMaxima_2017
Equipe comemora final de mais um leilão de ampla liquidez da Paranoá Senepol, no estúdio do Canal Rural, em São Paulo/SP: (da esquerda) Guillermo Sanches (leiloeiro), William Andrade (Programa Leilões), Cláudio Gasperini (leiloeiro), Guilherme Zeli, Tânia Mara André Zeli, Eldino Zeli (Paranoá Senepol) e Júnior Fernandes (S+). (Foto: Assessoria de Comunicação Paranoá Senepol)

Tivemos um sinal de que os nossos produtos atenderam a um mercado que precisa continuar produzindo, apesar do momento que todo mundo enxerga de crise no mercado, e o importante foi a liquidez total”, declarou Guilherme Zeli, da Paranoá, comemorando a venda para 13 Estados diferentes, sendo três novos: Acre, Rondônia e Santa Catarina.

Os 54 reprodutores comercializados saíram por uma média de R$ 11.320,00. Entre eles, 13 lotes do convidado Interfogos Senepol, de Claudemir dos Anjos, de Paranaíba/MS. As 36 matrizes vendidas – entre elas algumas qualificadas Safiras do Senepol no maior programa de avaliação de fêmeas da raça no mundo – tiveram média de R$ 11.440,00.

Nove dos lotes de fêmeas foram vendidos pelo convidado ZB Senpeol, de Zélia e Deizinho Bellodi, de Caarapó/MS. O destaque do leilão foi a matriz SHOA 61 FIV, da parceria Paranoá e Santa Helena Senepol, uma filha de CN 4635 Blondie que aos 33 meses saiu por R$ 18 mil.

O leilão foi assessorado pela S+, que também considerou expressiva a representatividade da Paranoá no mercado. “A família Zeli sempre foi muito criteriosa e esses touros e matrizes que vendemos com o que chamamos de pista limpa são a prova disso”, comentou Júnior Fernandes, da S+.

Também foram comercializados 306 animais comerciais meio-sangue Senepol, frutos de genética da Paranoá. Os 166 machos desmamados foram negociados por média de R$ 1.343,00 e as 140 fêmeas contemporâneas, por R$ 1.290,00. O comprador de todos os bezerros de corte foi a Fazenda Progresso, de Brasilândia/MS.

A equipe da Paranoá prepara agora a terceira edição de um evento que notabilizou a marca de Guilherme e Eldino Zeli. No dia 2 de junho, acontece em Três Lagoas/MS o Leilão Genética Paranoá e Convidados, com a oferta de doadoras qualificadas. Mas, até lá, todas as informações serão passadas a seu tempo.

Paranoá oferta 400 produtos no seu leilão Produção Máxima

A Paranoá Senepol volta ao mercado com genética superior em uma distribuição de resultados. O Leilão Virtual Produção Máxima Paranoá Senepol acontece neste domingo, dia 5 de março, a partir das 14 horas, com transmissão do Canal Rural, e coloca à venda 400 animais entre touros, matrizes e produtos comerciais frutos de uma genética selecionadaoito anos na Fazenda Paranoá, em Três Lagoas/MS.

Serão 35 matrizes de genética superior, descendentes de produtos consagrados, muitas delas prenhas de grandes raçadores. Entre elas, muitas fêmeas qualificadas Safiras no maior programa de avaliação de fêmeas da raça no mundo. A ZB Senepol é convidada da Paranoá na venda de fêmeas.

Nossa preocupação é com funcionalidade e esse leilão já mostrou o resultado que pode oferecer em 2016, por isso a safra vem melhor ainda e essas matrizes serão mães de touros”, explica Guilherme Zeli, da Paranoá.

Os 55 reprodutores também serão atração, todos avaliados pelo Geneplus e aptos a produzir o cruzamento industrial através da monta natural a pasto, grande aptidão da raça. Entre os machos, a Paranoá tem como convidado o Interfogos Senepol.

01_1LotedeTourosProdMax2017
Touros prontos a cobrir a pasto serão distribuídos no Leilão Produção Máxima Paranoá Senepol deste dia 5 de março, pelo Canal Rural. (Fotos: Jadir Bison)

Também serão vendidos 300 produtos comerciais, machos e fêmeas de cruzamento industrial meio-sangue Senepol de alto valor agregado. Eles serão vendidos em três prestações.

01_2meiosangueproducaomaxima2017
Mais de 300 produtos comerciais meio-sangue Senepol de alto valor agregado estão à disposição no Leilão Produção Máxima Paranoá Senepol, dia 5 de março.

Para os machos e fêmeas PO, a Paranoá programou uma abrangente rota de frete, que parte de Três Lagoas e atinge os Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Tocantins. O remate, que será comercializado em 36 parcelas, tem a organização da Programa Leilões e assessoria da S+. Todos os detalhes estão no aplicativo (APP Store e Google Play) ou no site leiloes.senepolmais.com.br/producaomaximaparanoa2017.

 

Alta produção de embriões de TE da Paranoá 450 motiva sócio JV3

A Paranoá Senepol justifica a oferta de novilhas qualificadas com a produção que credibiliza a sua seleção. E faz ganhar os criadores que acreditam na genética produzida na fazenda, em Três Lagoas/MS. A Safira Top 10 Paranoá 450 foi a mais nova constatação desse trabalho de melhoramento genético, com uma produção expressiva de embriões.

02_1 PARANOA 450
Paranoá 450 clicada antes da venda especial de junho de 2016, que formou a parceria Paranoá/JV3: produção espetacular de 24 embriões de TE. (Foto: Jadir Bison)

Nascida em fevereiro de 2015, Paranoá 450 (CN 550N x Paranoá 124 / SCR 6001S) produziu 24 embriões no último trabalho de coleta realizado pelo médico veterinário Luciano Aranha. A produção dela ajudou a estabelecer média de 10,5 embriões por doadora. “Isso não é FIV e sim TE a fresco, onde as doadoras foram inseminadas sete dias antes com superovulação e extraímos dela os embriões, uma produção fantástica”, comentou Aranha, ainda na fazenda.

Reprodução dos embriões a fresco de Paranoá 450 coletados pelo médico veterinário Luciano Aranha, no começo de fevereiro.
Reprodução dos embriões a fresco de Paranoá 450 coletados pelo médico veterinário Luciano Aranha, no começo de fevereiro.

Em outubro, na última edição do Safiras do Senepol (2016.1), Paranoá 450 se classificou como a quarta melhor fêmea jovem do maior programa de avaliação de novilhas da raça Senepol no mundo. Foi arrematada 50% pelo criador Jorge Luiz Veduvoto no leilão Genética Paranoá & Convidados, em junho de 2016, enquanto ainda estava em teste.

Um animal desse produz embrião para dois e a sociedade praticamente provou isso na sua primeira coleta válida para TE, um resultado espetacular”, comemora Veduvoto, do JV3 Senepol.

Em 2016, ele passou a investir na raça em sociedade com Guilherme Zeli, da Paranoá Senepol, que conheceu meses antes, comprando dele touros para sua fazenda. Foram duas doadoras adquiridas em abril e, no leilão de junho, mais seis lotes, entre eles a sociedade na Paranoá 450.

02_3 Zeli Veduvoto
Zeli (esq.), da Paranoá Senepol, e Veduvoto: parceria começou em 2016 e já tem levado resultados ao Senepol JV3. (Foto: Greco Studios)

Eu a vi na fazenda em preparação para ir ao Safiras e logo percebi que era diferente”, lembra Veduvoto. “A garantia da Paranoá de que se tornaria uma doadora se confirmou no resultado do teste e ela virou um ‘vagão’ de animal”, impressiona-se. “Ela tem uma família muito produtiva, a mãe também se destacou em produção e o acasalamento completou”, comenta Guilherme Zeli.

A doadora continua em trabalho de reprodução na Paranoá, assim como outras que os dois criatórios têm em parceria. Luciano Aranha vai transferir a parte dos embriões produzidos por elas que cabe à JV3 Senepol na Fazenda Vitória, em Selvíria/MS. Depois disso, o sócio começa a ter de volta o investimento numa genética segura.